quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Relato de prática: Sacola mágica

Shirley Benicio e Andréia Bernardes



Com o propósito de ampliar a parceria com as famílias e o incentivo pela leitura, o berçário II iniciou neste ano no segundo semestre o projeto institucional da Sacola Mágica, visto que as crianças já possuem um comportamento leitor e vem demonstrando grandes avanços.

Critérios de seleção utilizados:



1. Qualidade do texto
O texto com linguagem, coesão interna e organicidade;

2. Diversidade
Procuramos diversificar os temas e linguagens (prosa, poesia, cartum, livro sem texto, crônicas, conto de fadas) dentro das possibilidades do acervo da instituição;

3. Adequação das obras à faixa etária:
Ficamos atentas ao tratamento gráfico dado a obra (encadernação, tamanho do livro, tipo de letra), a temática e a extensão da narrativa.

4. Ilustração:
Nesta faixa etária as gravuras exercem de início maior atração sobre as crianças.
As crianças com as experiências vivenciadas na rotina, ouvindo, manuseando, contando e recontando histórias serão o mediador entre o livro e a família, que muitas vezes não possui o desejo, a intimidade com a leitura e o zelo pelos livros.

A educadora Quitéria da Costa Campanaro ( que foi um grande ganho para nós este ano) com seu talento confeccionou as sacolas de tecido personalizando-as com as fotos das crianças.


Tivemos a preocupação com a estética e personalização das sacolas. Este projeto institucional veio de encontro a sequência didática de leitura que envolve aspectos como: identidade e diversidade.


Toda sexta-feira organizamos os livros dentro das Sacolas Mágicas garantindo que cada criança possa levar para casa um livro diferente.



Percebemos a alegria e o comprometimento das famílias neste processo.



Sabemos que algumas familias podem não entender a importância da leitura para crianças tão pequenas, também temos consciência que muitas vezes este livro pode não voltar ou voltar danificado, mas acreditamos que o sucesso das familias compensa qualquer aspecto negativo. E os casos de resultados negativos serão revisto com cada familia pessoalmente ou através das agendas.



Para nós é muito gratificante ver a rapidez com que as familias entenderam e abraçaram a proposta.

As crianças ao receberem suas Sacolas sorriram e apresentaram-nas uns aos outros. Ao sairem na parte externa do CEI mostravam para todos com muita empolgação, contando que iam levá-la para casa e contar histórias para papai e a mamãe.




Ao perguntar ao Matheus o que ele iria fazer com aquela Sacola rapidamente ele respondeu:


"_Vou contar história para o meu PAI."

3 comentários:

Profª Dani disse...

Adorei a idéia da sacola mágica!!!

Farei tb este ano c/ meus alunos!!

Parabéns!!!

fran260772 disse...

EU AMEI ESSA IDEIA DA SACOLA MÁGICA
VOU LEVAR ESSA IDÉIA PRA ESCOLA AONDE EU TRABALHO. E INCENTIVAR OS PROFESSORES A FAZEREM ESSE TRABALHO DE LEITURA COM AS CRIANÇAS E OS PAIS.

Anônimo disse...

Quanta coisa legal acontecendo nessa escola. Parabéns a toda equipe escolar!!!